PÁGINA INICIAL

O que é o Taijiquan estilo Chen Método Prático?

 

O Método Prático é um sistema de treinamento do Taijiquan estilo Chen, segundo os ensinamentos do Grão Mestre Hong Junsheng, atualmente tendo como seu principal representante internacional o Mestre Chen Zhonghua, que ensina no centro de treinamento em Daqingshan e em workshops ao redor do mundo.

Hong Junsheng foi aluno do famoso Chen Fake, que é o responsável por compartilhar o Taijiquan estilo Chen com o mundo. Esse nome, ‘Método Prático’, se deve ao próprio Chen Fake, que teria mencionado que esse método de treinamento era muito prático, no sentido de que todos os movimentos eram treinados da mesma forma como seriam executados (aplicados) em situações reais.

Com foco direto na habilidade marcial que o Taijiquan possui, o treinamento é mais físico e exigente que outros sistemas de "Taiji" populares, que por sua vez são baseados no conceito de ginástica chinesa para fins terapêuticos.

Ignorando temáticas polêmicas como Qi ou outras coisas do gênero, o Método Prático possui um ensino centrado no corpo e em seus movimentos, com instruções simples e direcionadas.

Desde o primeiro momento o aluno é instruído em práticas que irão prepará-lo para o Tuishou (Push Hands em inglês), que é a prática de combate do Taijiquan.

Nesse contexto, muitos alunos do Mestre Chen Zhonghua já ganharam medalhas em varias competições mundo a fora.

A despeito desse foco, o Taijiquan estilo Chen é uma prática universal, podendo ser realizada por pessoas de quase todas as idades, sendo moderada de acordo com capacidade individual.

 

Método Prático de Taijiquan estilo Chen do Grão Mestre Hong Junsheng

É um sistema de Taijiquan completo, sendo o Mestre Hong um dos mais imporantes discípulos de Chen Fake. mantendo os princípios, as regras e o treinamentos que foram passados através de 19 gerações de mestres. O método prático procura transmitir os princípios e regras do estilo Chen numa forma prática e simples de entender, facilitando o desenvolvimento do estudante. Alem disso, diferente de muitos outros estilos, as aplicações reais das técnicas do método prático são feitas no mesmo jeito que na sequencia de movimentos. Ou seja, quem quiser conhecer o elemento marcial do Taijiquan, já terá desenvolvido estas habilidades.Princípios Gerais

 

Peng e o Taijiquan

Peng tem sido um dos temas mais falados em Taijiquan. O Grão Mestre Hong definiu Peng como tendo dois significados: um é a ação de expansão para repelir, e o outro, a energia expansiva global combinado que permeia todos os movimentos de Taiji. É o último sentido da Peng, que é o mais importante para ele. "Sem Peng, não há Taiji".

Foi durante um debate de mídia pública sobre o tema na década de 1960 que as ideias de Hong ganharam apoio e popularidade na China. Muitos praticantes de Taijiquan famosos se correspondiam com ele e chegavam a Jinan para consultá-lo sobre este assunto. Ele foi creditado pelo famoso Mestre de Taijiquan e historiador, Gu Liuxin (que foi presidente da Associação de Artes Marciais Shanghai), como a principal autoridade depois de Chen Xin (Mestre da 16ª geração da Família Chen) sobre o tema “Peng”.

Para seus alunos, Peng era algo que podia ser sentido e vivido, mas que não pode ser imediatamente reproduzido e copiado. Era algo único do Chen Taijiquan do Mestre Hong. Foi essa uma das habilidades especiais que ele possuía. Era algo que não podia ser apontado. Era o verdadeiro significado do Taijiquan. Era o segredo do Taijiquan.

 

"Gong" e "Fa" como um

Gong (treinamento fundamental) e Fa (formação técnica) têm sido historicamente separadas como dois componentes no processo de aprendizagem. Muitas vezes isso é mostrado no caso em que um mestre vai ensinar todas as formas coreografadas, sem explicar o significado das formas. Obviamente, a forma parece extravagante, mas a capacidade real de combate vem do Gong. É um fato triste que muitos alunos, muitas vezes, tentam “superar” seu professor como sendo o primeiro passo no estabelecimento de sua reputação. Nesse caso, o professor deliberadamente evita ensinar o substancial (Gong) para os alunos iniciantes. Em muitos casos, este "período de testes" pode durar um longo tempo. Em última análise, essa abordagem causou o divórcio de Gong e do Fa. Eventualmente, esses tornar-se irreconhecível para os alunos, que não serão capazes de usar a forma simplesmente aprendendo e praticando. Eles precisam ter o Gong da forma mostrado em particular pelo mestre. O velho ditado, "É preferível ensinar dez Fa do que um Gong." Isso mostra como Gong era bem guardado no passado. Isso não foi exceção na família Chen.

O sistema do Mestre Hong junta o Gong e o Fa. Isto significa que a forma de mãos que é aprendido pode ser aplicado em situações de combate real. Os alunos não precisam mais praticar Gong por dezenas de anos, a fim de extrapolar o Fa destes Gong. Isto também significa que suas formas são ensinadas de uma maneira muito precisa. Não há espaço para erros ou opinião pessoal sobre elas. Os movimentos e os ângulos são medidos por milímetro. Mestre Hong mesmo foi reportado por ter feito suas formas, sem qualquer mudança, por mais de 50 anos. No cenário atual do Taijiquan não há praticamente nenhuma padronização (todo mundo está fazendo uma forma própria e, portanto, não há nenhum ponto de referência).

 

Abordagem ciêntífica para o Taijiquan

Mestre Hong acreditava que Taijiquan é uma das artes marciais chinesas tradicionais, com um rico repertório acumulado de conhecimento. No entanto, não há nada de sobrenatural nela. Ele defendeu que as habilidades "superiores” e “sobrenaturais” podem ser desenvolvidas através de movimentos precisos com base nas regras do Taijiquan, que por sua vez aderem às leis da física.

 

Verificação

Mestre Hong sempre se baseou em fatos e experiências pessoais para o seu entendimento. Ele ensinou a não aceitar nada sem verificação. Ele alertou os estudantes que o mundo das artes marciais, embora com todo o legado maravilhosamente rico, também estava infestada de mitos, exageros e até mentiras.

 

Categorização

Mestre Hong acreditava que a aprendizagem ocorre quando há um sistema. Ele levou o Yi Lu (primeira rotina) e o "Punhos de Canhão" (segunda rotina) além, categorizando os movimentos de acordo com as aplicações e os princípios envolvidos.

 

Representante do estilo antigo de Chen Fake

Hong Junsheng foi um dos primeiros discípulos de Chen Fake, estudando com ele durante 15 anos, de 1930 até 1944. Muitos dos alunos do Mestre Chen eram artistas marciais famosos (como Li Jianhua, Xu Rusheng e Gu Liuxin) que vieram para melhorar suas habilidades já muito elevados. Mestre Hong veio para melhorar a sua saúde. Como resultado, sua abordagem à aprendizagem não era a mesma que a dos outros alunos. Seu método de estudo principal era, observar, observar e ouvir as instruções. Ele era preocupado principalmente em estar em conformidade com os princípios do Taijiquan que lhe fora ensinado. Ele estava menos preocupado com que os outros trabalhavam.

Mestre Hong estava sempre aberto a admitir que era o menos talentoso aluno de Chen Fake. Essa era uma modéstia sua. O fato dele ter sido a única pessoa que seguiu Chen Fake por 15 anos ininterruptos, fez dele um especialista na arte de Chen Fake. Muitos dos alunos de Chen Fake lhe pediam conselhos e informações sobre o mestre.

 

Sobre a natureza da Força

Hong acreditava que o conceito de força é uma característica importante nos sistemas. Os sistemas externos desenvolvem força física a partir do exterior. Os sistemas internos desenvolvem a força de dentro. Além disso, a forma como a energia é gerada distingue subsistemas também. Taijiquan, Xingyiquan e Baguaquan são subsistemas do sistema interno. Segundo ele, Xingyiquan genuinamente visa gerar energia interna. O mesmo acontece com Baguaquan. Não é o caso com Taijiquan. Em Taiji, não existe uma verdadeira força gerada. Em vez disso, o Taiji se preocupa com a "percepção da força".

 

Movimentos precisos e Coreografia

Um dos problemas para os alunos de Taijiquan é a confusão nas formas. Isto pode levar a formas diferentes entre os diferentes mestres que ensinam a mesma forma. Também, uma mesma forma pode ser alterada no decorrer do tempo. Como é sabido, Chen Fake introduziu uma coreografia nova de sua forma em um período mais tardio de sua vida, que era drasticamente diferente do que ele havia ensinou anteriormente.

Hong passou quinze (1930-1944) anos aprendendo com Chen Fake. Como ele estava aprendendo para a saúde, ele não colocou muitos de seus próprios pensamentos sobre o que estava aprendendo. Aprendeu, praticou e, ocasionalmente, pediu explicações. Sua educação com Chen Fake baseou-se nas formas anteriores, e não na "forma nova", que Chen Fake ensinou mais tarde.

Quinze anos de formação com Chen Fake no período anterior as alterações em sua forma, fez marcas muito fortes no corpo de Hong. Após 11 anos de prática desta forma, sozinho em Jinan, depois que ele saiu de Beijing, Mestre Hong esteve apenas uma vez com o Mestre Chen Fake para verificar sua forma, em 1956. Depois de 1956, ele voltou para Jinan e ensinou a forma revisada até seu falecimento em 1996, e sua forma foi tão bem executada, que parecia a mesma em toda sua vida, sem nenhuma alteração. Em 1991, um estudante japonês comentou que suas fitas de vídeo pessoais de Hong 1983-1991 não mostraram nem um pouco de mudança em sua forma, nem mesmo uma mudança de ângulo. Como Hong sempre ensinou no mesmo local, o mesmo pé iria pousar no mesmo tijolo, no mesmo lugar na forma.

 

Forma e Tuishou

Por causa do casamento do “Gong” e “Fa”, o sistema do Mestre Hong não tinha mais distinção entre a prática da forma e a prática do Tuishou. Os dois não são subsequentes mais. Em vez disso, a preferência de um sobre o outro se torna uma escolha pessoal de acordo com a habilidade e personalidade de quem os pratica.

 

Conclusão

O legado que ele nos deixou é muito rico, que requer muitos anos de aprendizagem e pesquisa para entender e colocar em prática. Todos os recursos que foram discutidos neste texto podem ser resumidas como seguem:

 

1. Seu sistema começa a partir de um único bloco de construção (o círculo positivo) e evoluiu para um sistema complexo. Tudo em seu sistema pode ser explicado, testado e aprendido com sucesso. Seu sistema não inclui termos e conceitos como Qi.

 

2. Seu sistema é comprovado como um sistema que leva praticantes iniciantes a um nível avançado de  Chen Taijiquan, em um curto espaço de tempo. Ele funciona porque foi testado por meio de tentativa e erro. Foi testada com base nos princípios do Taijiquan, como descrito acima.

 

 

TAIJIQUAN ESTILO CHEN

MÉTODO PRÁTICO

BRASIL

O que é Yin Yang em Método Prático? (Legenda-PT)

com o Mestre Chen Zhonghua

 

Tradução livre e legendas por

Flávio Prado

 

Publicado em 13 de ago de 2016.

 

 

 

Sede Operacional

Rua Doutor Cesar Cortes Sigaud - 62

Bairro Figueira - Guaratinguetá - SP

escola@wangwu.com.br